Physical Address

304 North Cardinal St.
Dorchester Center, MA 02124

Grávida ou amamentando 11 Nutrientes que você precisa

Grávida ou amamentando? 11 Nutrientes que você precisa

Mulheres grávidas ou lactantes saudáveis necessitam entre 300 e 500 calorias extras por dia para suas necessidades energéticas e garantir o desenvolvimento de seu filho.

Quando você estiver grávida ou amamentando seu bebê, certifique-se de comer uma variedade de alimentos saudáveis.

Quais nutrientes as mulheres grávidas ou amamentando precisam?

Grávida ou amamentando 11 Nutrientes que você precisa

Aqui estão alguns nutrientes vitais que podem ajudar você e seu bebê a prosperar. Eles estão dentro de frutas e vegetais frescos Grãos inteiros, nozes, legumes, produtos lácteos em grãos, assim como carnes magras. Seu médico também pode sugerir um suplemento multivitamínico diário com ferro.

1 – Cálcio

O cálcio ajuda no desenvolvimento de ossos e dentes sólidos. É essencial para garantir que os sistemas muscular, circulatório e nervoso funcionem eficazmente. A amamentação e as gestantes devem ingerir 1000 mg de cálcio todos os dias. Alimentos ricos em cálcio que são saudáveis incluem produtos lácteos com pouca gordura, suco cítrico fortificado com cálcio e substitutos do leite, cereais e couves.

2 – Carboidratos

O consumo de carboidratos pode fornecer energia que sustenta o crescimento e desenvolvimento do bebê e, após o parto, a enfermagem. As fontes mais eficazes de carboidratos incluem grãos integrais, frutas e vegetais. Eles também são excelentes fontes de fibras. Certifique-se de evitar carboidratos refinados como arroz branco e farinha branca e açúcares adicionados a eles.

3 – Fibra

A fibra é um nutriente essencial que ajuda a aliviar a constipação comum na gravidez. Grãos integrais (como pão integral, cereais integrais e arroz integral), assim como frutas, vegetais e leguminosas (ervilhas e leguminosas feijões) são grandes fontes de alimento para as fibras.

4 – Ácido fólico

O ácido fólico ajuda no desenvolvimento da medula espinhal e do cérebro. Também é necessário para a criação de glóbulos brancos e vermelhos. Mulheres que tomam no mínimo 400 miligramas (0,4 miligramas) de ácido fólico por dia antes da concepção e durante os estágios iniciais da gravidez, podem diminuir a chance de seu filho nascer com defeitos do tubo neural (um defeito de nascença que causa o não desenvolvimento da medula espinhal e do cérebro).

Mulheres grávidas devem consumir 600 microgramas (0,6 miligramas) de ácido fólico no terceiro e segundo trimestres. As mulheres que amamentam requerem 500 microgramas (0,5 miligramas).

As melhores fontes de ácido fólico são cereais e pães que são fortificados com ácido fólico. O folato é o tipo mais natural da vitamina que se encontra em frutas verdes de folhas, vegetais, assim como abacates, lentilhas e feijões.

5 – Gorduras Saudáveis

A gordura é um componente essencial de uma dieta saudável. Quando você está grávida, é essencial para ajudar no crescimento e desenvolvimento de seu bebê.

Selecione óleos nutritivos (gorduras insaturadas) e reduza as gorduras trans e saturadas que são prejudiciais à saúde de seu bebê.

As gorduras saudáveis são em canola, azeite de oliva e vários óleos vegetais, sementes e nozes de abacate, abacate e peixes gordos como o salmão.

6 – Iodo

O iodo ajuda a glândula tireóide a produzir hormônios que suportam o desenvolvimento de células cerebrais e o crescimento. A falta de iodo durante a gravidez pode colocar uma criança em risco de problemas de tireóide, assim como atrasos no desenvolvimento e problemas de aprendizado.

A amamentação e as mulheres grávidas devem fazer uso de sal iodado para suas refeições e comer alimentos ricos em iodo, tais como laticínios e frutos do mar.

Elas também devem consumir uma vitamina pré-natal todos os dias com 150 microgramas de iodeto (um ingrediente em iodo que é facilmente absorvido pelo seu corpo). Se sua vitamina pré-natal não contiver o suficiente, consulte seu médico para obter suplementos.

7 – Ferro

Consumir uma dieta rica em ferro e tomar um suplemento de ferro durante a gravidez ou amamentação pode na prevenção da anemia por deficiência de ferro. As mulheres que não estão recebendo ferro suficiente podem estar cansadas e sofrer de outros problemas.

Alimentos ricos em ferro incluem aves magras, carnes e peixes, assim como cereais fortificados, assim como legumes (ervilhas partidas, ervilhas partidas e lentilhas) e folhas de verde.

8 – Proteína

A proteína é essencial para construir os ossos e músculos do bebê, assim como outros tecidos. Ela ajuda a crescer, particularmente durante a terceira e segunda etapas da gravidez.

As mulheres que estão grávidas necessitam mais proteína do que as que não estão grávidas, mas não devem usar suplementos com proteína, como batidos ou pós. As fontes de proteína que são saudáveis incluem aves magras, frutos do mar de carne, peixe, castanhas e ovos, manteigas de nozes e tofu.

9 – Vitamina A

A vitamina A ajuda no desenvolvimento dos olhos, do coração e do sistema imunológico do bebê. As deficiências de vitamina A são incomuns no mundo desenvolvido, porém o excesso de vitamina.

A pode levar a defeitos congênitos. As vitaminas pré-natais não devem ter mais de 1500 microgramas (5.000 unidades internacionais) de vitamina A.

Além disso, as gestantes não devem consumir vitaminas A. As melhores fontes de vitamina A são o leite, a fruta laranja e os vegetais (como cenouras, melão e batata doce) e verduras escuras com uma folha.

10 – Vitamina B12

A vitamina B12 é um papel fundamental na criação dos glóbulos vermelhos do sangue do bebê e também no desenvolvimento e função cerebral.

A vitamina B12 pode ser encontrada em produtos animais, como peixe, ovos de carne e outros produtos lácteos, assim como alimentos fortificados, como cereais e substitutos do leite não-lácteo. Se você for vegano, vegetariano ou vegetariano, peça ao seu médico para determinar se você precisa de suplementos de vitamina B12 durante a gravidez ou quando estiver amamentando.

11 – Vitamina D

A vitamina D auxilia o corpo na absorção do cálcio, que é essencial para a saúde dos dentes e dos ossos. A vitamina D é produzida pela pele exposta à luz solar.

As melhores fontes alimentares de vitamina D são os leites fortificados com baixo teor de gordura e sem gordura, suco de laranja fortificado com gemas de ovo de vitamina D, salmão. Especialistas aconselham que as mulheres que amamentam e as grávidas recebam 600 unidades de vitamina D internacional por dia.